O Elevador da Glória

rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória

Muito embora menos de 1/3 das fotos deste post sejam no Elevador da Glória efetivamente, decidi manter o nome no título porque foi por causa dele que viemos aqui parar. Mas entretanto, eu deixei uma parte do passeio livre para eles explorarem o que quisessem, sem pressa. Pressa para que, não é? Já chega a pressa da rotina semanal.

rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória

O Vicente escolheu examinar os arbustos e árvores do pequeno jardim do miradouro e fez uma tentativa de beber a água do chafariz. A Alice escolheu ver a vista e admirar à distância os pombos, enquanto também seguia os passos do irmão.

rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória

Mas às tantas conseguimos finalmente apanhar o caminho do elevador e tivemos de fazê-lo a pé, já sabíamos que seria assim porque essa não era a nossa primeira vez aqui. Num outro passeio nosso ao acaso, tentamos descer no elevador até a Av. da Liberdade, quando percebemos que não havia elevador disponível. Já era de noite, estava escuro, frio e ele estava a meio do caminho, desativado, largado ao abandono e à livre depredação. Este cenário fez-se tão melancólico e triste, afinal sendo o Elevador da Glória um dos símbolos da cidade de Lisboa, não deveria estar neste estado.

rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória20131130-_DSC0218

Começamos a descer a ladeira, fazendo as nossas paragens por escadas e becos até finalmente nos reencontrarmos com o elevador. Lá estava ele, parado no mesmo sítio. Mas desta vez tudo pareceu muito diferente. Nada como a luz do dia e umas camadas de tinta! Sim, o elevador estava a ser reabilitado quando ali estivemos e por isso só podemos ver de fora, para frustração deles que fizeram várias tentativas de o invadir.

20131130-_DSC0205 20131130-_DSC0209 rebuçado ácido - elevador da glóriarebuçado ácido - elevador da glória

O Vicente trouxe na cara sinais da renovação do elevador, que agora neste momento se calhar já está a funcionar. Felizmente poderemos continuar a subir e descer por estes trilhos, numa das ladeiras de Lisboa.

13 thoughts on “O Elevador da Glória

  1. os melhores passeios de Lisboa com a mãe mais paciente (do mundo ou só de nós as duas?)
    a mafi concorda com a alice: gosta muito da malinha 🙂

  2. A malinha é o máximo! 🙂
    E o passeio também deve ter sido, imagino! PS. adorei também os collants da Alice.

  3. agora é que vi, a malinha nao é a kitty, parece um coelho. será a miffy? ou uma filha de ambas em conjunto?

  4. pois, eu ia já te responder.
    é da h&m, foi oferecida pela avó.
    se um dia passar por uma loja vou ver se encontro para a mafi!

  5. foi ótimo, patrícia! eu adoro passear pela baixa de Lisboa. e acabamos o passeio num almoço num palácio lindíssimo nos restauradores.

    ps. os collants são bb, da loja dada. fico sempre muito indecisa, há tantos collants para escolher..

  6. da mafi! 😛
    e estará cheia de chupas lá dentro!
    tbem nao cabem muitos.. hehehe

  7. Ai Lú, vejo as tuas fotos de Lisboa e me dá um nó na garganta….6 meses se passaram e as saudades só aumentam. Lisboa é uma cidade incrível, com cantos muito especiais para curtir e fotografar… tenho pena estar tão longe agora 😦
    o elevador foi desativado? beijinhos de sampa

  8. puxa cibele.. desculpa nao ajudar muito, mas passear por lisboa é tão bom 😀
    são paulo é outra realidade, bem distinta, mas tbem é uma cidade extraordinaria!
    mas reaprender a viver aí nao deve ser simples..
    imagino que me aconteceria o mesmo se voltasse para porto alegre hoje..

    qto ao elevador, eu pensei que estava desativado de vez qdo o vi parado e todo estragado, mas afinal estava a ser restaurado precisamente no dia que estivemos ali. foi pura sorte 😉
    e agora ja deve estar a funcionar outra vez. espero!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s