Lara, nono mês

luciane_valles-550luciane_valles-550-2

Não sei bem como aqui chegamos tão depressa, mas já tens 8 meses!

A cada mês que passa, ficas ainda mais ativa e interessada em tudo que te rodeia. Não gostas de estar parada, nem mesmo se for ao colo. Tens de ter sempre algum objeto na mão para imediatamente colocá-lo na boca, se ninguém te alcançar nada tu vais buscá-lo e pode ser qualquer coisa, mas preferes sempre algo que não seja destinado a ti, como os comandos da televisão, o meu telefone, as minha chaves, tesouras, as canetas dos teus irmãos, .. e a lista continua.

luciane_valles-550-3

luciane_valles-550-6luciane_valles-550-7luciane_valles-550-8

Tens uma boa quantidade de cabelo que não pára de crescer. No outro dia o Vicente perguntou-me se tinhas pintado o cabelo porque tu antigamente não eras loira. Os teus irmãos dizem que és loira como a Cinderella.

luciane_valles-550-12

Neste mês passaste a te aventurar mais pela casa sozinha, contudo a cozinha continua a ser o lugar para onde mais vais, estás sempre a minha procura e sabes bem onde me encontrar. Se estiveres bem disposta arranjas coisas para fazer, como te pendurar nos armários ou retirar todos os ímãs do frigorífico, mas se estiveres a precisar de um sesta o mais normal é que te agarres as minhas pernas e comeces a choramingar.

luciane_valles-550-14luciane_valles-550-17

As tuas sestas são sempre muito, muito curtas e mal acordas começas logo em imensas atividades. Como naquele dia que eu te adormeci e me sentei ao lado do Vicente para ajudá-lo com os trabalhos. Ainda estávamos a começar quando tu acordaste. Só querias estar ao meu colo e arranjaste logo confusão com o teu irmão por estar a pôr na boca as borrachas e canetas dele. Sem outra alternativa te coloquei no chão, onde estavam os meus chinelos. Como chinelos é objeto proibido, lá te contentaste.

luciane_valles-550-19luciane_valles-550-20

Não podes me ver e começas logo a gatinhar na minha direção. A Alice se enche de ciúmes e dispara logo: “Lara, pensas que a mãe é só tua? Não é não!” Mas se por acaso a Alice estiver chateada tu és a primeira pessoa a quem ela se vai agarrar e pedir consolo.

luciane_valles-550-21luciane_valles-550-22

A bisa esteve por aqui e trouxe nova remessa de tricots. Nesta foto usas uns calções que usavas quando ainda eras recém nascida, ainda servem perfeitamente. Já percebi que contigo as roupas rendem e acabo por fazer economia (não que seja a intenção).

luciane_valles-550-23luciane_valles-550-24

O teu pai chama-te “minha namoradinha” muitas vezes, tu respondes com arranhões e lambidas no nariz.

luciane_valles-550-25luciane_valles-550-26luciane_valles-550-28

luciane_valles-550-33luciane_valles-550-34

luciane_valles-550-35luciane_valles-550-32

É outono e tu já andaste a provar umas folhas secas, fato que muito preocupou os teus irmãos, os dois aos gritos imploravam para eu te pegar ao colo. Andaste também de balanço embora sem muita empolgação. Andas a treinar os beijinhos e mandaste alguns ao ar lá do teu balanço.

luciane_valles-550-36luciane_valles-550-37luciane_valles-550-38

luciane_valles-550-41luciane_valles-550-42

Tu gostas de estar no chão a brincar mas sempre com a condição de ter compania. Quando estamos no chão contigo tu te distrais bem e nunca cansas mas basta sairmos e começas logo a choramingar. Não tens problemas com isto, refilas muito e choramingas muito se for preciso e nós andamos todos à tua volta, em função de ti.

Neste mês eu alterei um pouco a sala e tirei a mesa de centro do centro, assim ganhamos ainda mais espaço para brincar e bagunçar a sala.

luciane_valles-550-43luciane_valles-550-44

luciane_valles-550-47

Não há nada que te irrite mais do que te prenderem em algum lugar, seja na cadeira da papa, na cadeira do carro ou no carrinho. Tu detestas estar presa. Mas se eu te der uma bolacha reconsideras.

Tu não comes muito, nem pouco, comes na média. É raro comeres até o fim, sempre sobra 2 ou 3 colheres de cada coisa, a não ser que seja iogurte. Tu adoras iogurte!

luciane_valles-550-48luciane_valles-550-49luciane_valles-550-50

luciane_valles-550-52

No final deste mês estiveste a praticar ficar em pé sem apoio, tu gostas e achas graça. O importante é não estar parada, não é mesmo, Dona Lara?

 

Páscoa

luciane valles-4luciane valles-5

A Páscoa veio como a nossa primeira oportunidade de escapar de casa e pegar a estrada pela primeira vez com 3 crianças no banco de trás. Uma aventura um pouco mais atribulada do que eu estava a espera mas lá conseguimos chegar ao Algarve.. Já tinhamos saudades e como! Ahhh a casa da bisa faz-nos tão bem!

luciane valles-8luciane valles-9luciane valles-7luciane valles-6luciane valles-2

O coelho da Páscoa também compareceu por lá, embora atrasado.. parece que ele também teve bebé e anda muito ocupado e por isso esqueceu-se de deixar os chocolates no meio da noite mas lá pelo meio da manhã os chocolates apareceram como por magia e foi a festa geral.

luciane valles-11luciane valles-12luciane valles-13luciane valles-14luciane valles-15luciane valles

A Lara fez a sua estréia na casa da bisa e encheu os corações de toda gente, esteve em todos os colos e prometeu voltar logo.

 

As cores da imaginação

 

luciane_vallesluciane_valles-2

Alguém já começou as compras de Natal para as crianças? Eu confesso que ainda não pensei muito seriamente neste assunto, mas pedidos não faltam graças principalmente à televisão e aos vídeos do youtube. Não sei se é de hoje, se é desta geração ou se sempre foi assim, não sei mesmo, mas sinto cada vez mais um bombardeio de merchandising para crianças. Brinquedos e personagens não faltam. Os bonecos de hoje em dia falam, choram, têm febre e até fazem xixi. Todos são imprescindíveis para a coleção da Alice, mas basta chegar a casa e o interesse vai se esvaindo até uns dias depois ficaram esquecidos à um canto. Passasse isso na casa de mais alguém?

A verdade é que mesmo perante brinquedos mais versáteis e tecnológicos, não há nada que faça os meus filhos mais felizes do que papel e caneta. Munidos disto e de muita imaginação eles divertem-se por bons momentos e produzem sempre bonitos desenhos que para eles são os melhores presentes que alguém gostaria de receber.

Este post é um bom exemplo disto, como 6 cartolinas e uma linda caixa que recebemos da Djeco foram o suficiente para despertar-lhes a imaginação por uma manhã inteira.

luciane_valles-9luciane_valles-6luciane_valles-3luciane_valles-5luciane_valles-10luciane_valles-13luciane_valles-18luciane_valles-12luciane_valles-16luciane_valles-19luciane_valles-20luciane_valles-21luciane_valles-11luciane_valles-17

No domingo voltamos a usar a caixa para trabalhos de Natal para a escola e embora não haja registos, o resultado foi igualmente muito bom. O único problema é que agora os dois disputam a caixa da Djeco e se calhar vamos é precisar de outra..

 

Último dia

luciane_valles-78 luciane_valles-49 luciane_valles-46 luciane_valles-52 luciane_valles-54 luciane_valles-55 luciane_valles-45luciane_valles-67 luciane_valles-64luciane_valles-57luciane_valles-65luciane_valles-50luciane_valles-70 luciane_valles-69 luciane_valles-60 luciane_valles-71luciane_valles-59 luciane_valles-61 luciane_valles-63luciane_valles-76luciane_valles-77luciane_valles-74

Eu poderia dizer que estas imagens são de um maravilhoso e relaxante dia de agosto. E até são, mas não para mim. Para mim este foi um dia maravilhoso dia de calor que eu passei de neura, a tentar reprimir a minha frustração por ser o meu último dia de férias. Na minha cabeça repetia-se o filme do regresso a Lisboa sozinha para trabalhar no dia seguinte. Passadas quatro semanas e já sem aquele sentimento mesmo sentimento tristonho de fim de férias, eu tenho saudades deste dia. Do calor, da calma, da gritaria pelo quintal, do banho de mangueira que eu não tomei mas que o Vicente tomou por mim, da paz e descanso que aquela casa me traz.