Lara, nono mês

luciane_valles-550luciane_valles-550-2

Não sei bem como aqui chegamos tão depressa, mas já tens 8 meses!

A cada mês que passa, ficas ainda mais ativa e interessada em tudo que te rodeia. Não gostas de estar parada, nem mesmo se for ao colo. Tens de ter sempre algum objeto na mão para imediatamente colocá-lo na boca, se ninguém te alcançar nada tu vais buscá-lo e pode ser qualquer coisa, mas preferes sempre algo que não seja destinado a ti, como os comandos da televisão, o meu telefone, as minha chaves, tesouras, as canetas dos teus irmãos, .. e a lista continua.

luciane_valles-550-3

luciane_valles-550-6luciane_valles-550-7luciane_valles-550-8

Tens uma boa quantidade de cabelo que não pára de crescer. No outro dia o Vicente perguntou-me se tinhas pintado o cabelo porque tu antigamente não eras loira. Os teus irmãos dizem que és loira como a Cinderella.

luciane_valles-550-12

Neste mês passaste a te aventurar mais pela casa sozinha, contudo a cozinha continua a ser o lugar para onde mais vais, estás sempre a minha procura e sabes bem onde me encontrar. Se estiveres bem disposta arranjas coisas para fazer, como te pendurar nos armários ou retirar todos os ímãs do frigorífico, mas se estiveres a precisar de um sesta o mais normal é que te agarres as minhas pernas e comeces a choramingar.

luciane_valles-550-14luciane_valles-550-17

As tuas sestas são sempre muito, muito curtas e mal acordas começas logo em imensas atividades. Como naquele dia que eu te adormeci e me sentei ao lado do Vicente para ajudá-lo com os trabalhos. Ainda estávamos a começar quando tu acordaste. Só querias estar ao meu colo e arranjaste logo confusão com o teu irmão por estar a pôr na boca as borrachas e canetas dele. Sem outra alternativa te coloquei no chão, onde estavam os meus chinelos. Como chinelos é objeto proibido, lá te contentaste.

luciane_valles-550-19luciane_valles-550-20

Não podes me ver e começas logo a gatinhar na minha direção. A Alice se enche de ciúmes e dispara logo: “Lara, pensas que a mãe é só tua? Não é não!” Mas se por acaso a Alice estiver chateada tu és a primeira pessoa a quem ela se vai agarrar e pedir consolo.

luciane_valles-550-21luciane_valles-550-22

A bisa esteve por aqui e trouxe nova remessa de tricots. Nesta foto usas uns calções que usavas quando ainda eras recém nascida, ainda servem perfeitamente. Já percebi que contigo as roupas rendem e acabo por fazer economia (não que seja a intenção).

luciane_valles-550-23luciane_valles-550-24

O teu pai chama-te “minha namoradinha” muitas vezes, tu respondes com arranhões e lambidas no nariz.

luciane_valles-550-25luciane_valles-550-26luciane_valles-550-28

luciane_valles-550-33luciane_valles-550-34

luciane_valles-550-35luciane_valles-550-32

É outono e tu já andaste a provar umas folhas secas, fato que muito preocupou os teus irmãos, os dois aos gritos imploravam para eu te pegar ao colo. Andaste também de balanço embora sem muita empolgação. Andas a treinar os beijinhos e mandaste alguns ao ar lá do teu balanço.

luciane_valles-550-36luciane_valles-550-37luciane_valles-550-38

luciane_valles-550-41luciane_valles-550-42

Tu gostas de estar no chão a brincar mas sempre com a condição de ter compania. Quando estamos no chão contigo tu te distrais bem e nunca cansas mas basta sairmos e começas logo a choramingar. Não tens problemas com isto, refilas muito e choramingas muito se for preciso e nós andamos todos à tua volta, em função de ti.

Neste mês eu alterei um pouco a sala e tirei a mesa de centro do centro, assim ganhamos ainda mais espaço para brincar e bagunçar a sala.

luciane_valles-550-43luciane_valles-550-44

luciane_valles-550-47

Não há nada que te irrite mais do que te prenderem em algum lugar, seja na cadeira da papa, na cadeira do carro ou no carrinho. Tu detestas estar presa. Mas se eu te der uma bolacha reconsideras.

Tu não comes muito, nem pouco, comes na média. É raro comeres até o fim, sempre sobra 2 ou 3 colheres de cada coisa, a não ser que seja iogurte. Tu adoras iogurte!

luciane_valles-550-48luciane_valles-550-49luciane_valles-550-50

luciane_valles-550-52

No final deste mês estiveste a praticar ficar em pé sem apoio, tu gostas e achas graça. O importante é não estar parada, não é mesmo, Dona Lara?

 

Lara, oitavo mês

luciane_valles-550-8luciane_valles-550-6

De olhos bem azuis sempre a observarem tudo e todos com imensa curiosidade e a língua constantemente de fora, tens 7 meses e és assim.

Gatinhar já não é um desafio para ti, agora queres é estar sempre em pé mas ainda não tens muita prática nesta nova habilidade, não sabes cair muito bem e ao desequilibrar-te cais para trás e por vezes bates com a cabeça no chão. Nós corremos a socorrer-te e te enchemos de mimos mas assim que te pomos no chão lá vais tu outra vez. Na escola dizem que és de borracha.

Tanto treinaste que logo no início deste mês aprendeste a por-te de pé sozinha no teu berço, o chato é quando fazes isto no meio da noite.. aos berros!

luciane_valles-550luciane_valles-550-2

Continuas a ser tamanho mignon, expressão que a tua avó usa muito quando fala de ti (geralmente a comparar com ela). As roupas 3-6 meses servem-te perfeitamente e vives nas roupas que herdaste dos teus irmãos, umas até só um tanto grandes para ti, mas usas na mesma.

luciane_valles-550-10

Quando não estás em pé, estás no chão a procura de coisas para pôr na boca, de preferência objetos novos, enjoas muito rápido de qualquer brinquedo e não ligas praticamente nada a peluches.

luciane_valles-550-15luciane_valles-550-14

luciane_valles-550-20

Os teus irmãos estão sempre a te agarrar e a transportar para lá e para cá, mas tu preferes mesmo é explorar tudo sozinha, livre e solta.

luciane_valles-550-35

Este foi um mês de novas rotinas para ti. A tua intensa atividade durante o dia resultava sempre em exaustão quando chegavas a casa, então decidi adiantar o jantar e o banho para que conseguisses comer melhor, menos cansada e irritada. Melhor alimentada e depois de um banho também passou a ser mais simples te adormecer, as birras de sono perderam um pouco a intensidade, embora haja sempre dias mais difíceis que outros.

E por falar em banho, foi só neste mês que começaste a gostar da tua banheira tummy tub. Desde os 4 meses que resistias em te sentar na banheira e os banhos eram sempre em pé, com quedas à mínima distração minhas, mas neste mês descobriste que saltar e atirar-se na água é mesmo muito divertido. O importante é não ficar parada, este é o teu lema para vida, já percebi.

 

luciane_valles-550-27luciane_valles-550-26luciane_valles-550-21luciane_valles-550-22

As noites contigo são tudo menos monótonas. Muitas são às vezes que me pergunto o que hei de fazer para te adormecer. Queres mamar no peito e passaste a acordar milhares de vezes a pedir consolo. Eu tentei fazer um treinamento contigo e deixei de te dar leite à noite, quanto muito um biberão e até estava a resultar mas entretanto ficaste doente pela primeira vez e o meu plano foi por água abaixo.

Aos 7 setes meses tiveste a tua primeira otite, igualzinho à Alice, com a diferença que ao mesmo tempo também tiveste amigdalite e um vírus que deixou o teu corpo coberto de pintinhas que mais pareciam varicela. Os teus irmãos quando adoeciam em bebés ficavam apáticos mas tu ficaste ainda mais agitada e só choras, aliás foi assim que descobri que algo não estava bem, tu choravas constantemente.

luciane_valles-550-48luciane_valles-550-49luciane_valles-550-50

Na semana que adoeceste estivemos as três em casa, tu, eu e a Alice que também apareceu com uma virose. Fez me lembrar a tua fase recém nascida e tive muitas saudades daquele tempo..

luciane_valles-550-53luciane_valles-550-55luciane_valles-550-56

luciane_valles-550-63

luciane_valles-550-30luciane_valles-550-32

Os teus problemas de pele estão completamente controlados à base de muitos cremes que continuo a pôr 2x por dia, tu não gostas muito, como também não gostas quando te troco a fralda ou visto, são atividades que têm ficado a cada dia mais complicadas. Neste mês ainda conseguia te distrair com embalagens de pomadas e caixas de papel.

luciane_valles-550-37luciane_valles-550-68

Tu já não usas chupeta porque eu desisti de insistir com ela. Não queres saber, ponto final. Quando choras por qualquer razão que não seja nem fome nem sono, temos de te dar mil e uma coisas para mão, só assim te distrais. Pões tudo na boca, babas litros e litros de saliva, a coleção de babetes baratuchos não pára de aumentar assim como a quantidade de tralha no teu cesto dos brinquedos.

luciane_valles-550-40luciane_valles-550-42

E para fechar o mês uma sequência de ti fazendo aquilo que mais fizeste neste mês inteiro:

luciane_valles-550-71luciane_valles-550-72luciane_valles-550-70luciane_valles-550-69

Lara, sétimo mês

luciane_valles-1-10

Lara, parece incrível mas é verdade, já tens 6 meses, meio ano de vida. Os 6 meses que assinalariam a minha volta ao trabalho e a tua ida para a creche, portanto, confesso, que não estava nada ansiosa por eles. 6 meses que pareciam tão distantes quando chegaste mas que passaram num piscar de olhos.

Já não passas os dias em casa comigo, vais a “escola”, tens amigos novos e “professoras”. Os tens irmãos riem-se muito quando te perguntamos quem são os teus amigos preferidos, se brincaste com eles. Na escola dizem que és um bebé muito fácil, que só queres brincadeira e distrai-te muito bem com o que está a tua volta.

A minha separação de ti não foi tão traumática quanto eu estava a espera afinal já é a terceira vez que passo pelo mesmo, é sempre um pouco difícil e melancólico mas lamentar-me não ajuda e o melhor é encarar da forma mais positiva o quanto possível. Mas isso não quer dizer que não pense em ti inúmeras vezes ao dia. Eu aluguei uma bomba extratora de leite e todos os dias na minha hora do almoço tiro leite para tu levares para a escola no dia seguinte. Quando eu chego a casa pego-te ao colo e tu agarras-te a mim para mamar, sentes falta disto e eu também, é tão bom o reencontro.

luciane_valles-1-7luciane_valles-1-11luciane_valles-1-13

luciane_valles-1-17

As nossas manhãs são muito mais caóticas do que antes e certamente mais confusas para ti que nos vê de um lado para o outro. Sempre que choras os teus irmãos pegam-te ao colo e correm para mim, te entregam e vão à vida deles. Ficas aos meus pés no chão ou no bumbo impacientemente à minha espera, queres colo, queres o meu conforto.

Quando este mês começou arrastavas-te ou rolavas no chão a fim de alcançar os teus brinquedos mas quase de um dia para o outro colocaste de quatro, ganhaste impulso e começaste a gatinhar, ainda nem tinhas 6 meses e meio. Na mesma semana aprendeste a sentar sem apoio e assim de repente transformaste num outro bebé, crescido e muito mais independente. Tu és extremamente ativa e precisas estar sempre em movimento, em busca de alguma coisa. Tudo que se põe na tua frente vai parar na tua boca. Não tardou muito para alguns desenhos dos teus irmãos aparecerem rasgados ou babados, e assim começaram as primeiras reclamações: mãe, olha o que a Lara fez?!

luciane_valles-1-24luciane_valles-1-19luciane_valles-1-20luciane_valles-1-22luciane_valles-1-26

A Alice conversa muito contigo e tu respondes com gargalhadas. Por outro lado, deixaste de ser bem-vinda no quarto da tua irmã mais velha que protege as bonecas dela de ti, tu não as pode tocar. Mas não queres saber, continuas a gatinhar para o quarto dos teus irmãos.

luciane_valles-1-28

Tens sempre a língua de fora, tanto que nós gozamos um bocadinho contigo. Dizemos muitas vezes: guarda a língua, Lara. Babas imenso e estás quase sempre com o babete encharcado. Ainda não tens dentes.

luciane_valles-1-30luciane_valles-1-32

Os teus olhos continuam azuis e o teu cabelo cada dia mais claro. Ainda tens um resquício de crosta láctea no lado direito da cabeça.

luciane_valles-1-33luciane_valles-1-35luciane_valles-1-36luciane_valles-1-37

Tu adoras estar próxima dos teus irmãos e não gostas nada de estar sozinha no chão, refilas muito e não fazes a menor cerimónia. Tu na verdade és uma grande refilona, a mínima coisa que não achas bem, reclamas. Durante o dia não me importo muito e pego-te logo ao colo mas durante a noite.. Ainda não dormes muitas horas seguidas, queres a maminha, o meu colo, nem sei bem o que tu queres. Tantas foram as noites nestes teus 6 meses de existência que me questionei o que fazer contigo no meio da noite enquanto todos os outros dormiam profundamente. Eu desconfio que tu não gostas de dormir..

luciane_valles-1-40luciane_valles-1-39luciane_valles-1-42luciane_valles-1-44

Já conheces bem a tua família e gostas de estar principalmente no colo do pai e da mãe, mas precisas sempre de ter algo na mão para te entreter. És risonha e bem disposta. Não estranhas ninguém e vais a todos os colos mas deixas bem claro qual é o teu preferido, o da mãe, claro!

luciane_valles-1-48luciane_valles-1-49luciane_valles-1-50

Neste mês experimentaste muito alimentos novos. Gostas de sopa e de fruta mas não gostas de esperar pelas colheradas, dou-te a sopa a correr, uma colher atrás da outra até que de repente deixas de abrir a boca, é raro comeres tudo, sempre sobra qualquer coisa. Adoras bolacha Maria e pão. Algumas vezes enquanto preparava a tua sopa dei palitos de courgette para a tua mão e tanto os mordiscas-te que ficaram desfeitos.

luciane_valles-1-52luciane_valles-1-53

Tu adoras estar no chão de um lado para o outro e não há nada que fique no lugar contigo por perto. Bonecos, revistas, lápis de cor, canetas, comandos, chinelos: tudo para a boca. Os teus brinquedos talvez sejam aquilo que menos desperta o teu interesse.

luciane_valles-1-58luciane_valles-1-56luciane_valles-1-59

Esta éS tu aos quase 7 meses. Um dos meus retratos preferidos de ti.

 

 

Lara, sexto mês

luciane_valles-15

luciane_valles-13luciane_valles-11

Estas no teu sexto mês de vida, ainda não gatinhas mas parece que não falta muito para isso, consegues ir de um lado ao outro do teu tapete no chão em poucos segundos. Queres agarrar e pôr na boca tudo que vês e para conseguir fazer isto não medes esforços. Adoras todas as atenções que os teus irmãos te dão e ri-te muito para eles. A Alice continua a pensar que és a melhor boneca do mundo. Já tenho imenso medo de te deixar em cima de uma cama sozinha porque tu és muito rápida e ágil e ao menor descuido podes ir ao chão.

luciane_valles-5

luciane_valles-4luciane_valles-9

Nós improvisamos um edredon por cima de outro no chão da sala da casa da praia para poderes brincar à vontade mas tu rebolas tanto para cá e para lá que passas mais tempo fora dele do que dentro. Eu até acho que os teus irmãos gostam mais de estar ali do que tu porque vamos dizer a verdade: tu gostas é de colo!

luciane_valles-18

luciane_valles-25luciane_valles-21

As tuas manhãs são muito calmas, depois do nosso pequeno almoço gostas sempre de fazer a tua sestinha, mamas e dormes e quando acordas estas no café com a avó. Gostas muito de estar no café e a avó adora te exibir às amigas. Todas dizem que estas linda e estas a engordar. Eu fico feliz em ouvir isto porque começaste o mês magrita mas talvez as papas ao fim do dia estejam a fazer efeito.

lararochamartins2016.jpg

Não te levamos à praia na parte da manhã, só ao fim da tarde, depois da tua sesta. Tu gostas de estar lá e aproveitas para relaxar e dormir mais uma vez ao som das ondas. Eu penso sempre que devo aproveitar que ainda não andas e estas contente ao colo porque ano que vem será tudo tão diferente e muito terei de correr atrás de ti. Tens um fato de moranguinho que avó te ofereceu, é o teu único fato, ficas tão cômica cheia de folhos.

luciane_valles-1lararochamartins2016.jpg

A avó e a tia disputam para ver quem está mais contigo ao colo mas acho que no fim há justiça, as duas têm aproveitado muito estes dias inteiros contigo e os teus irmãos.

luciane_valles-23luciane_valles-24

Eu continuo a adorar fotografar-te com a Alice, vocês são uma dupla perfeita.

luciane_valles-28luciane_valles-26

Quando estas longe dos teus irmãos talvez não notes a diferença mas quando os vês no skype ficas toda contente. Eles sentem muito a tua falta quando estamos separados. Contigo só em casa os fins-de-tarde são muito calmos e ainda tens tempo de fazer uma sesta antes do jantar.

luciane_valles-36

Falando em jantar começaste este mês a comer sopas a séria! Tu gostas muito e adoras ainda mais quando chega a hora da sobremesa. Banana, claro, é a tua fruta preferida por enquanto. Não gostas muito de abacate. Em poucos dias começará a creche e por isso tens de estar preparada. Eu estou calma, tenho a certeza que tiras isto de letra.

luciane_valles-31luciane_valles-34luciane_valles-35Os dias ainda são compridos, a luz de fim de dia é bonita e eu gosto de te por a janela. És uma cusca porque tu adoras!

luciane_valles-37luciane_valles-38

A última grande novidade deste mês é que foste promovida para o berço grande! Tens uma cama imensa só para ti muito embora ainda estejas no quarto com a mãe e o pai, este é o próximo passo mas ainda vamos esperar porque tu ainda és muito fã de dormir a noite inteira e não queremos que acordes a Alice, não é mesmo?

lara, quinto mês

luciane_valles-12luciane_valles-10luciane_valles-9luciane_valles-8luciane_valles-3

luciane_valles-11

Não deixa de ser irônico este post começar com uma foto tua a dormir, visto que tu passas muito pouco ou quase nada dos teus dias a dormir. O teu sono é mais leve que uma pluma e a qualquer pequeno barulho acordas sobressaltada e chorona. No dia que completaste 4 meses estávamos de fim-de-semana na casa da tua avó e tu estiveste de colo em colo constantemente na tentativa de te mantermos entretida e mais feliz.

luciane_valles-14luciane_valles-15

Entretanto, na semana seguinte quando fomos de férias, notamos diferenças em ti. As sestas começaram a ficar ligeiramente mais longas e consequentemente já não choravas tanto. A sensação que dava era que estavas claramente a deixar de ser um recém-nascido e começavas a compreender melhor o mundo a tua volta e inclusive a aprender a interagir com todos nós.

luciane_valles-19

luciane_valles-20

O calor no início de julho no sul do país estava insuportável e parecias não o tolerar muito bem. Os fins-de-tarde na praia eram a nossa salvação. Curiosamente a praia acalmava-te e a água gelada não parecia te impressionar. No caminho para casa transbordavas boa disposição, sempre a rir e a palrar.

luciane_valles-22luciane_valles-23luciane_valles-16

Ainda nas férias, aliás no dia que a Alice completou 5 anos, aprendeste a virar sozinha, sem ajudas. Logo que percebeste como isto funcionava não parava de te virar inclusive a noite. Desde esse dia que adoras dormir de bruços e é quase sempre assim que te encontro na tua cama.

luciane_valles-24

Eu confesso que por esta altura já me sentia segura em deixar-te por pequenos períodos aos cuidados da tua irmã. Da cozinha ou onde quer que estivesse ouvia as longas conversas dela contigo. Ou então não, estavas simplemente ao colo da Alice enquanto ela via um filme. Sim porque aos 4 meses ainda ficavas um bocadinho ao colo, quietinha, a chuchar nos nossos dedos.

luciane_valles-27luciane_valles-28

Para além de Lara também gostamos de te chamar Guga ou Gugu, foi a Alice, claro, que deu-te esta alcunha.

Os teus olhos continuam azuis e a tua avó continua a dizer que és igualzinha a ela.

luciane_valles-29luciane_valles-31

O teu irmão Vicente adora apertar-te por todo lado e eu perco a conta quantas vezes ao dia tenho de lhe dizer que não és um boneco. Ele ri-se e lá continua. Mas não leves a mal porque este miúdo é simplesmente doido por ti, sempre que não te vê porgunta logo por ti. E a verdade é que fazes-me lembrar ele quando era bebé, sempre muito inquieta e ativa, tal qual o teu irmão.

luciane_valles-34luciane_valles-33luciane_valles-38

Na consulta dos 4 meses fiquei um pouco desapontada ao perceber que não estavas a engordar como o esperado e até tinhas baixado de percentil por isso decidi iniciar logo com as papas. Comecei muito devagarinho sem grande sucesso, a maior parte ficava no babete, querias mesmo era o meu leite, para este estavas sempre pronta.

luciane_valles-39luciane_valles-40luciane_valles-42luciane_valles-43

O quarto mês foi o mês que começaste a mostrar-nos a tua personalidade e boa disposição. Já eras neste mês um bebé muito ativo e cheio de vida, muito atenta ao mundo à tua volta e sempre muito pouco a fim de sestas.