50/52

Processed with VSCOcam with c2 presetProcessed with VSCOcam with hb2 preset

Vicente
Já estávamos todos na porta de casa a espera dele quando apareceu com as botas de chuva, queria muito saltar as poças. E assim ele o fez, debaixo de chuva.

Alice
O pai convidou-a para um passeio no domingo de manhã e ali estava ela, paradinha no corredor pacientemente à espera dele e muito empolgada com o passeio.

Processed with VSCOcam with e8 presetVicente + Alice
Dos raros dias que saímos os três juntos e sem pressa. Desde que começou a primária e ele mudou de escola, as nossas manhãs têm sido um atropelo.

Ok aqui estamos, a 2 semanas do fim do ano. Eu por mim não vejo a hora que acabe, este ano me deixou sem fôlego. Vocês?

 

Outtakes

20141206-DSC_4707 20141206-DSC_471220141206-DSC_469220141206-DSC_4700 20141206-DSC_4721 20141206-DSC_4733 20141206-DSC_4739 20141206-DSC_4742 20141206-DSC_4749 20141206-DSC_4753 20141206-DSC_4754 20141206-DSC_4760 20141206-DSC_4764  20141206-DSC_477320141206-DSC_4791

Algumas images que ficaram de fora do meu getaway para a boy+girl (à exceção da primeira, a minha favorita). Um desafio que me deixou um pouco apreensiva o fim-de-semana todo e ficou maior quando metade da minha família acordou no sábado meio doente. Mas que acabou por ser bastante estimulante.

Quero aproveitar para agradecer as queridas Inês, Patrícia, Diana, Daniela e Lois pelo apoio, obrigada!!

49/52

20141206-DSC_4730 20141207-DSC_4882

Vicente
Nunca passa indiferente a um carrinho de castanhas assadas. Neste dia nem eu e nem o pai tinhamos moedas para lhe comprar um saquinho mas ele não desistiu, fincou o pé em frente ao carro, sem tirar o olhos das castanhas até o senhor decidir lhe oferecer algumas.

Alice
Neste fim-de-semana tivemos uma versão um pouco diferente da Alice. A sempre contente e super ativa Alice deu lugar a uma mais murchinha e menos risonha, devido a uma gastrointerite viral. Sem muita disposição ele procurou com muita frequência o colo do pai.

20141206-DSC_4695

Alice + Vicente
Quando ganham chupas ele trata logo de comer tudo depressa, muito guloso, já ela guarda sempre para mais tarde, vai poupando. Quando o dele acaba vai logo pedir uma prova a irmã, ela nunca diz que não. Mas já tenho notado que sempre que se desentendem ela avisa-o: da próxima vez não te dou chupa!

 

A árvore de Natal

20141130-DSC_462120141130-DSC_460820141130-DSC_461620141130-DSC_463820141130-DSC_462420141130-DSC_463220141130-DSC_464820141130-DSC_4644 20141130-DSC_465020141130-DSC_466020141130-DSC_4678 20141130-DSC_4652 20141130-DSC_465420141130-DSC_4661 20141130-DSC_468220141130-DSC_4668

Uma das coisas boas de começarmos uma família (são muitas) é termos a oportunidade de criarmos novas tradições, pequenos rituais só nossos com algo que nos faça sentido e seja divertido para todos. Em criança, embora tivesse o ritual de decorar a árvore de Natal em família, com primos e tias reunidos, nunca tivemos, nem na minha casa, nem na casa da minha avó, uma árvore verdadeira. Talvez porque no Brasil sinta-se o Natal um pouco de outra forma, como é verão estamos muito mais na rua, na praia ou nos parques e estar em casa a cultuar a árvore de Natal não faz o menor sentido. Mas desde que mudei-me para cá e ainda mais depois que tive filhos, passei a adorar a ideia de ter um pinheiro verdadeiro em casa, com aquele cheirinho a floresta tão agradável. Há dois anos tivemos um, quem se lembra? Ano passado falhei e me arrependi, confesso. Mas ontem vendo a satisfação dos meus filhos na hora de escolher um pinheiro e a empolgação nas decorações, decidi que esta será uma das nossas tradições e agora só falta convencer o pai a aderir..

Depois prometo que mostro o resultado final, obra quase exclusiva do Vicente e da Alice.

Boa semana!!

Alice veste coral dot bubble dress by boy+girl.

48/52

20141129-DSC_4535 20141129-DSC_4558 Vicente
Nós temos negociado muito ultimamente e a troca envolve invariavelmente chupas.

Alice
Adora um banco de jardim. Sentadinha ela consegue fazer das coisas que mais gosta, observar quem passa.

20141129-DSC_4511 20141129-DSC_4547

Alice + Vicente
Inseparáveis, melhores amigos.

47/52

Processed with VSCOcam with f2 preset Processed with VSCOcam with f2 preset

 

Vicente
A manhã começou com uma queda que acabou por ter consequências maiores quando abriu uma ferida antiga no lábio. Nestas alturas eu penso como gostaria de o proteger de tudo, de todos os acidentes e contratempos da vida, cair antes dele para amortecer-lhe a queda. Frustra-me saber que isto não é possível.

Alice
Esta foto me remete para o futuro, 10 anos para frente. Ela com 13 anos a olhar para mim completamente insololente, a querer dar me lições, como se eu fosse de repente a filha.

Processed with VSCOcam with hb1 preset

Alice + Vicente
Há mães estranhas realmente, em especial aquelas que se metem embaixo de uma mesa para conseguir captar um abraço de irmãos.

Recapitulando

Quem é vivo sempre aparece, já dizia o ditado. As útlimas semanas têm sido exigentes, muito trabalho, dias corridos, alguns momentos menos bons, entre outras coisas, mas enfim, estamos vivos e é sempre bom voltar a este meu espaço.

Também houve muito momentos bons e agradáveis nas passadas 2 semanas, a começar pela visita ao (ainda por inaugurar) showroom da Loja Dada.

rebuçado ácidorebuçado ácidorebuçado ácidorebuçado ácidorebuçado ácido

Posso adiantar que o espaço é excelente, muito bem localizado em um bairro central de Lisboa. Estou ansiosa para o ver recheado de roupas bonitas!

+

rebuçado ácido rebuçado ácido rebuçado ácido rebuçado ácido

Neste ano os nossos sábados têm sempre um programa certo, a natação do Vicente. A Alice, que continua na lista de espera por uma vaga, é sempre a minha companhia, estamos sempre as duas a assistí-lo enquanto está na água e a esperá-lo do lado de fora enquanto se veste. Ela não se queixa, tem sempre imensa paciência até porque esquece-se do tempo quando está a observar as pessoas.

+

Antes destas duas semanas intermináveis de chuva conseguimos visitar o mar. É sempre tão diferente quando não está cheio de gente e a hipótese de entrar na água não existe. Quer dizer.. não existe para os adultos porque para as crianças é sempre uma hipótese!

rebuçado ácido rebuçado ácidorebuçado ácido rebuçado ácido rebuçado ácidorebuçado ácido rebuçado ácido rebuçado ácido rebuçado ácido rebuçado ácido

Custou me tanto convencê-lo a deixar a praia, estava tão realizado. O fato de estar também encharcado pouco importou.

+

E por último mas não menos importante, quero partilhar com vocês uma entrevista minha para a sempre inspiradora e talentosa fotógrafa, blogger e luch lady australiana Kate Berry. Quando me contactou a Kate mencionou a honestidade das minhas imagens que ela conhece através do meu Instagram. Foi da mesma forma que eu respondi às suas perguntas, como muita honestidade e sinceridade porque eu simplesmente não tenho vontade e muito menos interesse em pintar a minha vida de cor de rosa, não seria eu. Para além disso também fica a dica do seu recém renovado blog Lunch Lady Mag, boas receitas, boas imagens e a escrita da Kate sempre vale a pena.