lara, quinto mês

luciane_valles-12luciane_valles-10luciane_valles-9luciane_valles-8luciane_valles-3

luciane_valles-11

Não deixa de ser irônico este post começar com uma foto tua a dormir, visto que tu passas muito pouco ou quase nada dos teus dias a dormir. O teu sono é mais leve que uma pluma e a qualquer pequeno barulho acordas sobressaltada e chorona. No dia que completaste 4 meses estávamos de fim-de-semana na casa da tua avó e tu estiveste de colo em colo constantemente na tentativa de te mantermos entretida e mais feliz.

luciane_valles-14luciane_valles-15

Entretanto, na semana seguinte quando fomos de férias, notamos diferenças em ti. As sestas começaram a ficar ligeiramente mais longas e consequentemente já não choravas tanto. A sensação que dava era que estavas claramente a deixar de ser um recém-nascido e começavas a compreender melhor o mundo a tua volta e inclusive a aprender a interagir com todos nós.

luciane_valles-19

luciane_valles-20

O calor no início de julho no sul do país estava insuportável e parecias não o tolerar muito bem. Os fins-de-tarde na praia eram a nossa salvação. Curiosamente a praia acalmava-te e a água gelada não parecia te impressionar. No caminho para casa transbordavas boa disposição, sempre a rir e a palrar.

luciane_valles-22luciane_valles-23luciane_valles-16

Ainda nas férias, aliás no dia que a Alice completou 5 anos, aprendeste a virar sozinha, sem ajudas. Logo que percebeste como isto funcionava não parava de te virar inclusive a noite. Desde esse dia que adoras dormir de bruços e é quase sempre assim que te encontro na tua cama.

luciane_valles-24

Eu confesso que por esta altura já me sentia segura em deixar-te por pequenos períodos aos cuidados da tua irmã. Da cozinha ou onde quer que estivesse ouvia as longas conversas dela contigo. Ou então não, estavas simplemente ao colo da Alice enquanto ela via um filme. Sim porque aos 4 meses ainda ficavas um bocadinho ao colo, quietinha, a chuchar nos nossos dedos.

luciane_valles-27luciane_valles-28

Para além de Lara também gostamos de te chamar Guga ou Gugu, foi a Alice, claro, que deu-te esta alcunha.

Os teus olhos continuam azuis e a tua avó continua a dizer que és igualzinha a ela.

luciane_valles-29luciane_valles-31

O teu irmão Vicente adora apertar-te por todo lado e eu perco a conta quantas vezes ao dia tenho de lhe dizer que não és um boneco. Ele ri-se e lá continua. Mas não leves a mal porque este miúdo é simplesmente doido por ti, sempre que não te vê porgunta logo por ti. E a verdade é que fazes-me lembrar ele quando era bebé, sempre muito inquieta e ativa, tal qual o teu irmão.

luciane_valles-34luciane_valles-33luciane_valles-38

Na consulta dos 4 meses fiquei um pouco desapontada ao perceber que não estavas a engordar como o esperado e até tinhas baixado de percentil por isso decidi iniciar logo com as papas. Comecei muito devagarinho sem grande sucesso, a maior parte ficava no babete, querias mesmo era o meu leite, para este estavas sempre pronta.

luciane_valles-39luciane_valles-40luciane_valles-42luciane_valles-43

O quarto mês foi o mês que começaste a mostrar-nos a tua personalidade e boa disposição. Já eras neste mês um bebé muito ativo e cheio de vida, muito atenta ao mundo à tua volta e sempre muito pouco a fim de sestas.

Lara, quarto mês

luciane_valles-verao2016-3

No dia que eu terei esta fotografia completavas tu 3 meses de vida. Já sorrias muito para nós mas ainda eras uma recém nascida, que passava a maior parte do tempo deitada, a dormir ou a chorar.

luciane_valles-verao2016-8luciane_valles-verao2016-7luciane_valles-verao2016-9luciane_valles-verao2016-11

Mas não demorou muito para percebermos que este quarto mês seria o mais divertido e empolgante mês no teu crescimento até então. Foi aos três meses que aprendeste a agarrar objetos, ainda sem muita coordenação é verdade, mas com muita força. Eu e a Alice muitas vezes deitávamos a nossa cabeça na tua barriga e esperávamos que te agarrasse aos nossos cabelos, adoravas esta brincadeira. E a Alice, por sua vez, divertia-se a assoprar a tua barriga.

luciane_valles-verao2016-12luciane_valles-verao2016-15

Cada vez mês te tornaste no bebé que a Alice sempre quis ter e ela não te largava. As conversas eram longas e os assuntos variados. A minha favorita foi a explicação dos beijos, para que servem os beijos e que tipo de beijos devemos dar de acordo com a idade que temos. Tu ouvia atentamente, a balançar as pernas e os bracinhos, como se estivesse a absorver tudo.

luciane_valles-verao2016-29luciane_valles-verao2016-26luciane_valles-verao2016-25

O teu irmão, por sua vez, adorava atacar-te com beijos sem fim para a seguir fugir e voltar a sua vida. Nem sempre os beijos eram suaves mas tu parecias gostar pois tinhas sempre um grande sorriso guardado para ele.

luciane_valles-verao2016-18luciane_valles-verao2016-17

A tua pele sempre foi um capítulo a parte e já aos 3 meses tinhas uma coleção de cremes e produtos que tinham a função de acalmá-la. A vermelhidão do teu pescoço já começava a te incomodar e não gostavas quando eu passava os cremes naquela zona.

luciane_valles-verao2016-34luciane_valles-verao2016-33luciane_valles-verao2016-32

Aos poucos começaste a reparar nos teus brinquedos e ao invés de estares tanto tempo ao colo passaste a estar mais tempo no chão, rodeada de brinquedos e à merce dos teus irmãos. Claro que em pouco tempo eles dominavam o teu espaço e eu tinha de ir em teu socorro.

luciane_valles-verao2016-35luciane_valles-verao2016-36luciane_valles-verao2016-46luciane_valles-verao2016-44luciane_valles-verao2016-45luciane_valles-verao2016-43

Sempre que te deitavamos de barriga para cima tu automaticamente tentávas te virar de barriga para baixo. Um enorme esforço que muitas vezes tinha uma mãozinha extra a ajudar. Os teus irmãos vibravam com as tuas tentativas e ao jeito deles, nem sempre suave, empurravam-te e tu lá conseguias.

luciane_valles-verao2016-21luciane_valles-verao2016-28

Neste mês o calor definitivamente chegou e andaste muitas vezes só de fralda. Não gostas do calor, choras mais quando ele te atormenta. Não sei bem se esta foi a razão mas passaste a dormir pior neste mês. As sestas foram sempre muito curtas e nem chegando  a meia hora de sono, estavas sempre em estado de alerta e ao mínimo barulho acordavas em sobressalto. Como resultado disto choravas grande parte do dia e custava-te ainda mais adormecer à noite devido ao stress acumulado do dia todo.

luciane_valles-verao2016-50luciane_valles-verao2016-49luciane_valles-verao2016-51

As tuas finas perninhas insistiam em estar esticadas, fosse no colo e até mesmo no banho! Teimavas em estar de pé.Também por esta altura tudo que estivesse a mão ia para a boca.

luciane_valles-verao2016-52luciane_valles-verao2016-53luciane_valles-verao2016-54

Os teus olhos mantiveram-se azuis e o cabelo cada vez mais claro. A avó F. diz que és igualzinha a ela. Será?

luciane_valles-verao2016-19luciane_valles-verao2016-47luciane_valles-verao2016-48luciane_valles-verao2016-23luciane_valles-verao2016-38luciane_valles-verao2016-39luciane_valles-verao2016-40

Eu poderia encher vários albuns inteiros só com fotos da tua relação com a Alice. Ela é viciada em ti e fotografar vocês duas juntas é o meu novo vício.

luciane_valles-verao2016-55luciane_valles-verao2016-56luciane_valles-verao2016-57luciane_valles-verao2016-58luciane_valles-verao2016-60luciane_valles-verao2016-61luciane_valles-verao2016-63luciane_valles-verao2016-62luciane_valles-verao2016-64luciane_valles-verao2016-65luciane_valles-verao2016-66

Das centenas de milhares de fotos que eu tirei neste teu terceiro mês de vida, são raras as imagens em que apareces sozinha, claramente eu preferi fotografar-te rodeada dos teus irmãos. Pequenos momentos retratados que eu vou guardar para sempre.

 

 

5 anos

luciane_valles-3

Porque ao meio dos 4 já pensavas nos 5. Não porque tivesses pressa em crescer e ser grande como o Vicente, está bem, talvez quisesses ser grande como o Vicente, mas, ainda mais do que isso, tu adoras festas, prendas, amigos e adoras ser o centro das atenções, uma contradição para quem é tão tímida. Na tua festa de 5 anos tiveste o bolo das princesas que tu mesma escolheste, a Minnie espetada no bolo, gomas,balões, amigos, prendas e mais prendas, brincadeiras e muito calor, tudo que pediste durante meses a fio. Faltaram a tia e a avó e é por isso que já pensas na festa dos 6 anos. Mas nesta só falaremos daqui um ano quando já fores crescida e estiveres a caminho da primária. Para já ainda és a minha menina pequena. Ahh e antes de acabar este post, te agradeço por teres deixado de lado os vestidos cor-de-rosa da tua prima para vestir a roupa que eu te ofereci especialmente para os anos, estavas tão linda!

luciane_vallesluciane_valles-4luciane_valles-5luciane_valles-6luciane_valles-7luciane_valles-8luciane_valles-2luciane_valles-20luciane_valles-16luciane_valles-18luciane_valles-17luciane_valles-9luciane_valles-10luciane_valles-11luciane_valles-13luciane_valles-12luciane_valles-14

Férias Antecipadas

luciane_valles-14

 

No fim de junho/início de julho fomos passar uns dias num turismo rural no Alentejo. Não é a primeira vez que fazemos isso mas a primeira vez que criamos coragem de levar as crianças. O primeiro dia foi caótico e eles reclamaram de quase tudo mas a partir daí as coisas começaram a acalmar e no último dia já estava eu a sonhar com uma moradia e com um jardim para eles correrem livres e à vontade como faziam ali, foi difícil deixar esta liberdade para trás.

Nos dias que estivemos por ali aproveitamos para ir cedo à praia da Zambujeira e Odeceixe. O vento muito forte e a água gelado nos tiraram a coragem no terceiro dia, o que nos levou a ir conhecer o Cabo Sardão, com a sua vista espetacular para o mar.

Quando a semana no Alentejo acabou rumamos para sul, para o nosso “pouso” favorito de sempre, a casa da bisa. A Alice ia contentíssima pois isso queria dizer que o aniversário dela estava a aproximar-se. Os dias em Silves foram de extremo calor e quase todos os dias, ao fim da tarde, não tivemos hipótese senão fugir para a praia.

alicerochamartins2016.jpgalicerochamartins2016.jpgvicenterochamartins2016.jpgluciane_valles-16luciane_valles-12luciane_valles-13luciane_valles-7luciane_valles-8luciane_valles-9luciane_valles-10luciane_valles-11luciane_valles-15luciane_valles-17luciane_valles-37luciane_valles-38luciane_valles-33luciane_valles-34luciane_valles-36luciane_valles-40luciane_valles-42luciane_valles-41luciane_valles-43luciane_valles-22luciane_valles-21luciane_valles-19luciane_valles-20luciane_valles-23luciane_valles-24luciane_valles-25luciane_valles-26luciane_valles-27luciane_valles-28luciane_valles-29luciane_valles-30luciane_valles-31luciane_valles-32luciane_valles-44luciane_valles-45luciane_valles-60luciane_valles-54luciane_valles-56luciane_valles-57luciane_valles-59luciane_valles-47luciane_valles-48luciane_valles-49luciane_valles-50luciane_valles-51luciane_valles-52luciane_valles-53

lara, terceiro mês

luciane_valles-6

Lara, aqui estão alguns momentos do teu terceiro mês de vida, muitos outros ficaram de fora pois não cabiam todos num post só, eu fotografei-te tanto neste mês..

Passamos a maior parte dos dias em casa, retidas por causa da chuva e o do mau tempo. Eu gostava que tivesse sido diferente, que este maio de 2016 tivesse sido como o dos outros anos, ensolarado e primaveril, mas mais parecia que estavámos no outono. Tiveste tosse e nariz entupido quase o mês todo.

O teu cabelo era castanho mas parecia estar a ficar cada vez mais claro e mais ralo. Foste o meu primeiro bebê a ter crosta láctea e confesso que nem sabia o que era antes de ti. A tua pele é atópica como a dos teus irmãos mas num grau muito agravado, diria eu. A vermelidão do teu pescoço, que não saia desde o teu primeiro mês, agravou-se a tal ponto que virou uma inflamação e já mal me deixavas aplicar-te os cremes. Neste mês fomos as duas à tua primeira consulta na Estefânia e onde nos disseram o que eu já sabia: tens uma pele muito má.

luciane_valles-4luciane_valles-5

Como um recém nascido que ainda eras, precisavas ainda de dormir muito durante o dia muito embora estivesses sempre a acordar e desde esta altura já fizesses sonos muito curtos. Tens um sono extremamente leve apesar de teres sido habituada a dormir com o constante barulho dos teus irmãos. Muitas vezes adormeceste ao meu colo depois de mamar, gostavas que eu batesse de leve no teu rabinho e me quase sempre me obrigavas a levantar-me para te embolar. És o meu terceiro filho e provavelmente o mais cheio de manias e eu me pergunto como deixei isto acontecer, não era suposto eu já ser experiente o suficiente? Mas tu és tramada e uma grande refilona.

luciane_valles-9luciane_valles-8luciane_valles-14

És adorada pelos teus irmãos. Neste mês o Vicente estava sempre a beijar-te, sem fazer grandes conversas e tu também não tinhas grande reações, ficavas apenas a olhar para ele. A Alice insistia sempre em te pegar ao colo e eu aos poucos fui consentindo cada vez mais porque ela era tão doce ao pedir que eu não conseguia resistir, mas verdade seja dita, ela sacode-te tanto que não é preciso 30 segundos para começares a chorar.

Os teus momentos preferidos continuaram a ser aqueles em que te foi atenção exclusiva. Retribuias com uma pequena conversa com muitos sons que mais faziam lembrar uma rola. Fosse deitada nas pernas do teu pai enquanto ele via o telejornal no sofá ou deitava comigo na cama às mais variadas horas do dia. Tu gosta de conversa e detesta a pasmaceira.

luciane_valles-11luciane_valles-2luciane_valles-56luciane_valles-13luciane_valles-15luciane_valles-16

Por esta altura já dominavas a arte de chuchar numa chupeta mas não querias saber dela para nada quando estavas muito chateada, aliás nem no peito conseguias mamar nesses momentos.

luciane_valles-19luciane_valles-21luciane_valles-24luciane_valles-23luciane_valles-28luciane_valles-27luciane_valles-30

A tua irmã Alice adora te dar alcunhas (apelidos). No mês passado eras a Bêni e depois a Bécky. Neste mês foste a Iári que depois variou para Iaiaiu. As alcunhas são sempre tão inusitadas e engraçadas que às tantas estamos todos a usá-las e a quantidade de alcunhas não pára de aumentar.

luciane_valles-38luciane_valles-31luciane_valles-35luciane_valles-40luciane_valles-41

No fim deste mês eu cheguei a conclusão que não gostavas do teu berço, passavas a maior parte do dia a dormir em outros sitíos e quando chegava a noite ias para lá mas antes das 2h acordavas e a seguir a mamar não querias voltar. Então lá perdia eu horas preciosas de sono a adormecer-te para te por no berço até que um dia eu decidi que não dava mais e passaste a dormir na cama comigo. Uma solução não muito confortável para mim mas a única possível naquela fase pois eu precisava dormir mais.

luciane_valles-44luciane_valles-46luciane_valles-47luciane_valles-48luciane_valles-49luciane_valles-50luciane_valles-52luciane_valles-54

Esta última foto é do fim de maio, depois de termos ido buscar os manos a escola, já num verdadeiro dia de primavera, finalmente. E agora que venha o verão para cresceres ainda mais.