Novo capítulo

Eu não sei o que é mais difícil, escrever o primeiro ou o último post em um blog…

Se por um lado, no primeiro eu tinha tanto para dizer que nem sabia por onde começar, por outro ainda não tinha encontrado a “minha voz”, não sabia quem era a minha audiência. Neste último post eu sei o que quero dizer mas é algo tão importante que eu perco-me a pensar qual a melhor forma de o dizer. Ao longo dos posts e dos anos encontrei a minha voz, o meu estilo e o meu público, pode não ser um público que encha um ginásio ou nem mesmo uma sala, não importa, é um público que durante estes anos valorizou o conteúdo que eu aqui partilhei. Eu nunca poderia deixar o blog aqui inativo sem nada dizer, sem por um ponto final neste capítulo e sem levar vocês para o próximo capítulo da minha história.

Encerrar este capítulo é o que me falta para finalmente partir para o seguinte.

Mas vamos ao contexto disto primeiro.

Faz muito tempo que eu tenho me alimentado das minhas desculpas, até porque elas são realmente muito fortes. Não ter tempo é a minha desculpa de estimação. Eu não tenho realmente muito tempo para nada fora da rotina e das obrigações diárias, mas chega um dia que falta de satisfação pessoal e profissional fala mais alto e aí o tempo faz-se, porque tem de ser.

Eu sou uma pessoa criativa, criar com liberdade me dá um enorme prazer que, de acordo com o que tenho comprovado ao longo da minha carreira no design gráfico, acaba por ser um pouco incompatível com a rotina profissional e as exigências do mercado e as vontades dos clientes. Foi na fotografia que eu me encontrei, assim meio sem querer, sem grandes intenções. Talvez seja essa a melhor forma, não é? Sem pressões, nem grandes compromissos, com o espaço que eu precisava para ser eu mesma, sem ter que responder à ninguém. Tem sido um longo caminho, um caminho que eu me orgulho de estar a percorrer, onde tenho aprendido sozinha muitas vezes, experimentando e errando, sem nunca deixar de praticar e nesta caminhada tenho evoluído ao meu ritmo. A fotografia está hoje no centro dos meus interesses, rainha de si porque é a fotografar que eu me sinto confiante e segura e ela é das maiores certezas da minha vida neste momento.

Depois de muitas batalhas internas, eu estou a dar o passo e a dar à fotografia o lugar que ela merece na minha vida, elevando-lhe o status de hobby para profissão. Quem segue este blog e segue-me no Instagram quase diariamente, não está de certeza surpreendido porque é um passo que faz sentido.

Eu pensei muito no papel do Rebuçado Ácido no meio disto tudo e se deveria o manter. Mas no fim acabei por decidir que uma fase nova merece um espaço só seu, sem bagagem.

A partir de hoje, ou melhor, de agora, podem conhecer o meu site, visitar o meu blog e para além disso também podem me contratar/convidar para ir à vossa casa, fotografar a vossa família.

Quando eu decidi abrir o meu negócio, eu soube logo que ele teria seguir o mesmo estilo que imprimo nas fotografias da minha família. Realismo, naturalidade, autenticidade e espontaneidade são ingredientes imprescindíveis à minha visão artística, eu preciso deles para produzir imagens significativas, que despertem sentimentos. Para mim fotografia não são meramente imagens bonitas, eu preciso de conteúdo.

Fotografar em casa parece-me uma boa opção nesta busca pela essência de cada família. Assim como não há casas iguais, também não há famílias iguais e portanto também não há sessões iguais. Cada sessão é construída à semelhança de casa família, respeitando a sua forma de ser e estar, os ritmos, as rotinas e as interações. O olhar é meu mas a história é vossa e eu adoraria contá-la!

O site novinho em folha: www.lucianevalles.com
O blog é aqui.

Luciane_Valles_2017-1-15

 

 

11 thoughts on “Novo capítulo

  1. então agora tens de ir ao novo endereço, vou continuar a partilhar as fotografias que tiro deles.

  2. Maravilha! Que beleza ver esse amadurecimento artístico e ter encontrado na fotografia não somente o desafio de encara-la como profissão, mas também como uma oportunidade de intensificar essa sensibilidade e olhar clinico que tu sempre teve pra captar esse universo. E nada me tira da cabeça de que lá adiante uma seleção de posts do rebuçado deve vir a tornar-se um livro! Abraço e sucessos nessa caminhada!

  3. Boa sorte ! Acho seu trabalho muito lindo ! Eu sou fotografa também . Parabéns e sucesso !!

  4. Toda a sorte Lu! Tenho gostado imenso de te acompanhar nesta evolução e qualquer dia viro cliente também (quando estiver mais perto).

  5. sabe patrícia, eu gostava mesmo é de um dia ir ao funchal fotografar-te a fazer aquelas focaccias que devem ser uma delícia, a pintar bancos e mesas, a costurar roupas para os pequeninos, a ver os meninos correr naquele jardim enquanto a pequenita sorri ao teu lado! quem sabem um dia.. :))

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s